Lavandaria

Origem, tratamento e conservação.

Cuidar da roupa, no ponto de vista profissional, é das atividades mais críticas e exigentes para os seus operadores. A complexidade da lavagem é determinada pelas inúmeras variáveis que existem em todo o processo. Desde a avaliação dos diferentes tipos de tecidos, à avaliação efetuada aos diferentes tipos de sujidade da roupa, ou mesmo uma incorreta utilização dos produtos químicos, nas quantidades erradas, podem resultar em elevados desperdícios, tornando todo o processo muito oneroso ou mesmo arriscado na vertente hospitalar.
Os nossos sistemas de lavagem, os nossos sistemas de doseamento, e a nossa equipa em particular, estão preparados para fazer da sua lavandaria, uma lavandaria eficiente e de sucesso! 

 

 

Lavandaria Hospitalar ou outros Serviços de Saúde

Cuidados no processamento da roupa.

O processamento da roupa nos serviços de saúde, seja efetuda pela propria gestão hospitalar ou por serviços externos requer um serviço especializado de apoio, com afinalidade recolher, pesar, separar, processar, lavar, reparar e redistribuir todo o conjunto de roupas em condições de uso, higiene, quantidade, qualidade de todas as unidades se serviço do hospital.  As roupas utilizadas nos serviços de saúde incluem lençóis, cobertores, toalhas, colchas, cortinas, batas, mascaras e toucas,  roupas utilizadas pelos pacientes, etc. Todo este conjunto de peças têm graus de sujidade e infeção distintos, provenientes de zonas de maior ou menor risco dentro do próprio hospital. 

 

 

 

 

 

 A origem dos tecidos, sugestões… e precauções!

Fibras Naturais

Fibra têxtil é a matéria-prima fibrosa a partir da qual os tecidos têxteis são fabricados. As fibras são transformadas em fios pelo processo de fiação. Estes diferem entre si, e dependem do comprimento das fibras, que podem ser longas, como as fibras de seda, ou curtas, como por exemplo as fibras de algodão ou lã. Entre as naturais, a do algodão é certamente a mais importante, e representa, aproximadamente, 50% da produção mundial anual de fibras. As fibras animais são responsáveis por 6% da produção mundial, dentre as quais a lã é a mais importante.

 

Origem
A lã é derivada do pêlo da ovelha que, depois de tosquiado, é processado industrialmente para usos têxteis, limpeza e coloração.
Existem várias raças de animais que dão origem à matéria prima.  Merino: É uma das raças mais antigas de ovinos, sendo que produz a lã mais fina e valiosa. Polwarth ou Ideal: Este tipo de ovino foi obtido através do cruzamentos de carneiros de raça inglesa Lincoln (de lã grossa) com ovelhas Merino (de lã fina). Corriedale: Ovinos criados na Nova Zelândia, por cruzamento da raça Merino de lã fina com a raça Lincoln.

Tratamento e Conservação
A lã, devido à sua delicadeza, dever ser, preferencialmente, lavada à mão. Em alternativa à máquina em temperaturas baixas e programas curtos de lavagem, de preferencia sem centrifugação. As peças de lã não devem ser secas penduradas para não deformar e devem permanecer úmidas para serem passadas com ferro morno.

 

 

Algodão

Algodão

Origem
O principal componente da fibra de algodão é a celulose, que representa a maior parte da sua composição química.
A cadeia de celulose é constituída por moléculas de glicose.
A disposição destas moléculas na cadeia é denominada de celulose amorfa e cristalina, e tem importante papel nas características das fibras. Depois da celulose, a cera constitui-se de grande importância na fibra de algodão. É responsável pelo controle de absorção de água pela fibra e funciona como lubrificante entre as fibras durante os processos de estiragem na fiação.

Tratamento e Conservação
 O algodão é bastante resistente e de fácil lavagem e manutenção. No entanto o aldodão pode encolher se secar repentinamente. Pode ser lavado à máquina com centrifugação. Uma peça de algodão colorida deve ser lavada em separado na primeira vez. Aguenta o ferro quente e pode ser passada pelo lado direito.

 

 

Seda

Origem
A seda é uma fibra proteica usada na indústria têxtil. Obtém-se a partir dos casulos do bicho-da-seda. A fibra de seda natural é um filamento contínuo de proteína, produzido pelas lagartas de certos tipos de mariposas, sendo uma das matérias-primas mais caras. As lagartas expelem através das glândulas o líquido da seda (a fibroína) envolvido por uma goma (a sericina), os quais se solidificam imediatamente quando em contato com o ar.
A seda é utilizada para se produzir tecidos leves, brilhantes e macios, contudo de composição muito delicada.

Tratamento e Conservação
A seda é um tecido de baixa resistência ao uso e lavagem. Desbota quando exposta ao sol, ou mesmo à transpiração. É muito vulnerável a produtos químicos quando não adquados e fácilmente atacável por traças ou outros insectos. Deve ser lavada a baixa temperatura ou a seco, sem centrifugação e apenas admite ferro morno a vapor.

 

 

Linho

Origem
O linho é uma planta herbácea que chega a atingir um metro de altura e pertence à família das lináceas.
Abrange um certo número de subespécies, integradas por botânicos com o nome de Linum usitatissimum L..
Compõe-se basicamente de uma substância fibrosa, da qual se extraem as fibraslongas para a fabricação de tecidos e de uma substância lenhosa.
Produz sementes oleaginosas e a sua farinha é utilizada para cataplasmas de papas, usada  também para fins medicinais. O linho éum tecido leve de malha larga e por isso fresco para o verão. 

Tratamento e Conservação
O linho é um tecido bastante resistente, embora nunca deve ser lavado a altas temperaturas nem centrifugado. Contudo aguenta ferro quente. Usar os mesmos processos da roupa branca, podendo também ser lavado em água quente. Devido à sua capacidade de absorção de humidade e transpiração está sujeito origem de alguns fungos.

 

 

 

 

 Tecidos Sintéticos

Fibras sintéticas são fibras obtidas a partir de polímeros sintéticos: a poliamida (náilon), poliacrílicos, elastômeros, derivados do polivinilo, poliolefina e poliuretano. Outros polímetros com interesse industrial são as fibras sintéticas como o nylon, utilizado nas redes e o fios de pesca, e o terylene, utilizado como fio na indústria têxtil. Utilizam-se fibras sintéticas principalmente para se fazer roupa e outros materiais como lençóis de cama, almofadas, echarpes, entre outros.

 

 
 
 

Soluções e Produtos para Lavandaria

Sistemas de Pós e Líquidos

 

Detergentes

 


Oxigenados

Branqueadores com base em oxigénio activo, ajudam o branqueamento da roupa graças à sua capacidade infiltração nos tecidos. Os oxigenados têm grande capacidade na remoção de nódoas dificeis, contudo não são indicados para alguns tipos de tecidos. Devem ser utilizados como complemento ao detergente principal.

 


Clorados

Os produtos clorados (com base de cloro) são excelentes na remoção de nódoas díficeis e no branquemanto de roupa. O seu poder branqueador é utilizado, por norma, em roupas brancas ou num número limitado de tecidos de cores fixas. Devem ser utilizados como complemento ao detergente principal.

 


Aditivos

Os aditivos são utilizados em conjunto com os detergentes principais. A sua principal função é dispersar as sujidades mais díficeis de remover como por exemplo as gorduras e óleos mesmo nos tecidos mais sensíveis.

Amaciadores

 


Gomas

 

 


As diferentes áreas a higienizar.

Especialistas em todas as áreas!

Porque cada negócio, cada entidade, cada empresa ou instituição têm diferentes métodos de higienização resolvemos apostar numa gama abrangente de produtos de higiene e limpeza. Desde acessórios de limpeza a químicos com as formulações mais avançadas, a papel para diversas utilidades ou máquinas de limpeza industrial. Tudo o que o mercado, cada vez mais plural e exigente procura, nós temos para fornecer.

AROMATIZAÇÃO

Espaços agradáveis e a cheirar a limpo, com aroma certo vai fazer a diferença no seu negócio e por certo muito apreciado pelos seus clientes e colaboradores.

PROTEÇÃO PESSOAL

Diminuir o risco face às circunstanicas a que o ser humano se sujeita no seu dia-a-dia.

HIGIENE PESSOAL

O primeiro passo para potenciar a sua saúde e dos outros!

DESINFEÇÃO

Em locais e momentos especiais, é necessário precaução extra contra as bactérias e microorganismos que, não sendo visiveis, podem marcar a diferença.

CASAS DE BANHO

Casas de banho e marcam a diferença com os seus clientes!

TRANSPORTES

Para sujidades difíceis, soluções eficientes!

COZINHAS

Normas de higienização para respeitar as regras de HACCP

PAVIMENTOS

Para cada tipo de pavimento a solução tem de ser à medida!

SUPERFÍCIES

As várias etapas no tratamento e limpeza de superfícies requerem soluções abrangentes, de acordo com a zonas a higienizar.


Precisa de ajuda?

Possuímos relações de entendimento e fornecimento, muito privilegiadas, com os melhores e mais prestigiados 'Players' do sector da higiene e limpeza profissional, assegurando uma posição de vanguarda face às constantes exigências do mercado. Estamos aptos para sugerir e implementar a melhor solução para o seu negócio. Por isso, queremos que guarde todo o seu tempo e toda a sua energia para aquilo que melhor sabe fazer… e deixe connoscos o diz respeito à Higiene, Desinfeção, Limpeza e Proteção. Cuidamos disto por si, para que possa cuidar do seu negócio!
Contacte-nos através do info@lusohigin.pt

 

Notícias

  • Vem trabalhar connosco!
    Vem trabalhar connosco!
    Procuramos profissionais, com experiência comercial na nossa área de negócio, dinâmicos e com vontade de crescer.
    Ver mais...
  • Exportação
    Exportação
    Exportação
    Ver mais...

Subscrever Newsletter